Dicas, Saúde Integrativa

Descubra 4 passos para ser razoável

Você deve ter acompanhado no meu último post, como estabelecer objetivos reais em que eu terminei falando para ser razoável com você mesm@. Quando estamos tentando perder peso, muitas vezes nos culpamos e acabamos sofrendo muito quando o ponteiro da balança continua no mesmo lugar, quando saímos da dieta naquele encontro com as amigas ou por não ter feito exercício nos últimos dois dias.

Aqui estão alguns conselhos carinhosos de alguém que já passou por isso antes:

  • Estabeleça uma meta de peso razoável:

Consulte o seu Índice de Massa Corporal (IMC) aqui, calcule qual é o seu IMC agora e qual seria um peso melhor para a sua altura. O IMC é uma orientação aproximada (não é perfeito, já que não leva em consideração a estrutura óssea, porcentagem de gordura, genética, etc) mas, pelo menos, é uma ferramenta que serve como um guia. Você não pode ter 1,80 m e pesar 50 quilos.

Além disso, saiba que o seu peso é apenas uma orientação. Você pode ganhar massa magra (músculo) e perder gordura, e por isso o peso na balança não diminuiu nada. Você pode perder medidas e aparentar estar completamente diferente e não perder um grama de peso. E TUDO BEM.

Então, em vez de ficar obcecad@ com a balança, preste atenção em como suas roupas estão vestindo e tire fotos para acompanhar as mudanças no seu corpo.

  • Leva tempo:

Mudanças duradouras levam tempo. Grandes perdas de peso levam tempo. O que eu quero dizer é que provavelmente levou um tempo para você adquirir os hábitos que você tem agora. Por isso, provavelmente vai demorar mais tempo do que você gostaria para reverter tudo isso. Você também provavelmente terá recaídas algumas vezes. É compreensível. Não é de nossa natureza agir e comer da mesma forma sempre.

Permita-se. E pense nisso desta maneira: Se você mudar 50% da sua alimentação no início, é melhor do que 0%, certo?

Seja firme com você mesm@, mas não seja radical.

  • Exercício físico suficiente – mas não mais do que isso:

Sim, malhar vai lhe ajudar a perder gordura e ganhar massa muscular, mas não é a parte principal da equação. Além disso, quem em sã consciência tem tempo para malhar tanto quando temos família, trabalho, lazer, animais e amigos que também precisam de tempo?

Então, o melhor é estabelecer algumas metas razoáveis ​​para exercício. Se tudo que você puder é 3 vezes por semana por 20 minutos, isso está ótimo. Um pouco de movimento é melhor do que nenhum!

  • Coma seus carboidratos:

Comer carboidratos refinados, como açúcar e farinha branca vai fazer você ganhar gordura, sem dúvida. Porém, carboidratos complexos são bons para nosso organismo. Fontes de carboidratos complexos incluem legumes e frutas, e esses alimentos têm uma incrível quantidade de vitaminas, minerais e outros nutrientes neles.

Eles deixam o seu prato bonito e colorido e dão muito sabor as receitas. Se você não comer carboidratos o suficiente, poderá começar a se sentir frac@, mal humorad@, cansad@, e até ter cãibras musculares e problemas para dormir.

Além disso, seu corpo irá dizer-lhe que está faltando alguma coisa. Quando nos privamos totalmente de carboidratos, é comum apresentarmos desejos super intensos e incontroláveis de alimentos processados e com alto teor calórico como doces e massas.

Espero que essas informações sejam úteis para você! Perder peso não é apenas uma questão de quais alimentos comemos, mas também como nos sentimos e pensamos.

Se você já passou ou está passando por isso, não deixe a culpa lhe desmotivar ou desanimar!

Seja razoável e faça o seu melhor!

Bom fim de semana!

Dra. Marcella

 

Se você gostou do que leu, compartilhe!

 

Previous Post Next Post

You Might Also Like

2 Comentários

  • Reply T 22/03/2015 at 21:33

    Gostei muito!

    • Reply dramarcella 23/03/2015 at 19:20

      Que bom que você gostou T!

    Enviar comentário