Browsing Tag

chia

Dicas, Receitas, Saúde Integrativa

5 opções de café da manhã saudáveis e veganas

Provavelmente você já ouviu falar que o café da manhã é a refeição mais importante do dia. Porém, isso não significa necessariamente que você esteja tomando um café da manhã saudável e rico em nutrientes todas os dias, certo?

Acompanhando de perto o que as pessoas comem diariamente, tenho observado que grande parte delas se alimenta de manhã basicamente de pão, manteiga/margarina, embutidos (queijo/presunto) e café, o que oferece pouquíssimos nutrientes para o corpo obter energia para o longo dia de atividades que temos pela frente. Essa falta de nutrientes ocasiona oscilações nos níveis de açúcar sanguíneo que podem ocasionar alterações de humor, irritabilidade, lentidão de raciocínio e sonolência.

Ingerir alimentos nutritivos logo de manhã vai ajudar a despertar seu metabolismo e equilibrar o açúcar no sangue. Você irá se surpreender com o quão equilibrada sua energia ficará durante o dia, o que lhe proporcionará mais controle na hora em que sente aquela compulsão por açúcar, e também em muitos casos, cafeína.

Se você está precisando de novas ideias para enriquecer sua refeição matinal, aqui estão as minhas opções favoritas:

1- Misturinha de aveia e chia

Uma das opções mais práticas, já que pode ser deixada pronta na geladeira a noite. É fácil, gostosa e me deixa super satisfeita por toda a manhã por conta da chia. Experimente essa receita ou adicione os ingredientes a seu gosto como cacau, baunilha, geléia de frutas para personaliza-la.

dramarcellauliana-saudeintegrativa-misturinha-chia-aveia-canela

2- Suco verde e vitaminas

Eu amo vitaminas por vários motivos: 1. Imensa variedade de sabores, sendo possível escolher de manhã de acordo com a minha vontade e disponibilidade. 2. O liquidificador praticamente mastiga a comida, o que os torna ideais para a digestão e absorção de nutrientes de forma rápida. 3. Você pode adicionar todos os tipos de ingredientes, por isso é uma maneira fácil de obter uma grande dose de nutrientes através de verduras e superalimentos logo de manhã, sendo especialmente indicados para quem tem uma dieta vegetariana ou vegetariana estrita, como eu.

3- Panquecas de banana

Essas delícias fazem parte das minhas manhãs há pouco tempo, mas meu amor por elas já é grande. Deixam qualquer manhã mais agradável com sua maciez e doçura e também me deixam satisfeita durante toda a manhã.

panquecas-1-2

4- Pão sem glúten com abacate e limão

Outra opção super rápida, o abacate cada vez ganha mais espaço na minha vida. Para mim, substitui muito bem maionese ou manteiga no pão, na verdade, eu acho o abacate muito mais gostoso. A sua cremosidade combinada ao azedinho do suco de limão espremido na hora, com uma pitada de sal do Himalaia e pimenta do reino intensificam ainda mais esse sabor e, como o abacate é rico em gorduras boas, mantém a saciedade por um bom período. Eu opto pelo pão sem glúten porque tenho fácil acesso a um pão de batata-doce delicioso feito aqui na região, mas você pode experimentar com o pão convencional sem problemas.

5- Mingau de aveia

Minha escolha preferida em dias mais frios, em que eu já acordo pensando em comer algo quentinho e acolhedor. Eu vario alguns ingredientes, mas geralmente adiciono água e aveia e coloco para ferver, com canela em pó, gengibre e passas. Quando tenho leite vegetal em casa, gostou de adicionar meia xícara para deixa-lo mais cremoso. Depois de alguns minutos, adiciono uma fruta e/ou um pouco de melado e sementes, como a chia, para garantir uma boa dose de proteína e pronto!

dramarcellauliana_mingau-1

O objetivo de um café da manhã saudável é nutrir o seu corpo é enviar uma mensagem a ele de que pode trabalhar tranquilamente, pois terá os nutrientes que precisa para isso, mantendo os níveis de açúcar no sangue equilibrados, impedindo uma queda na energia e compulsões ou excessos à noite assim,  podendo sustenta-lo até o almoço, permitindo usar todo o seu potencial físico e mental.

Quais são as suas opções de café da manhã preferidas? Estou sempre à procura de novas ideias!

Gostou? Compartilhe!

Receitas

Delícia matutina: panquecas de banana

Hoje eu quero compartilhar com vocês mais uma receita pela qual estou apaixonada. Desde que eu as descobri, tenho feito toda a semana: panquecas de banana! Elas são tão gostosas que é difícil de acreditar que são tão saudáveis! E o melhor ainda, são muito fáceis de fazer e ficam prontas em 5 minutinhos.

Essas panquecas ficam iguais as panquecas americanas, macias e deliciosas. Elas não levam ovos na massa, que são substituídos pela chia hidratada, o que fornece uma grande quantidade de fibras, proteínas, omega 3 e também as tornam extremamente satisfatórias.

Eu usei farinha de trigo sarraceno ou mourisco, um grão muito consumido na Rússia que não contém glúten (encontrada em lojas de produtos naturais ou aqui) por isso ela ficou com uma cor mais escura. Esse cereal é rico em magnésio, manganês, ferro, além de conter mais proteínas que o arroz e ser uma ótima fonte de energia. Se preferir uma opção mais fácil, a farinha de arroz integral ou mesmo a farinha de aveia funcionam muito bem.

null (2)

Sirva essas panquecas no café da manhã para a sua família, namorad@, amigos e não conte para ninguém quais são os ingredientes. Em seguida, diga que as panquecas são veganas e sem glúten. Provavelmente você será chamad@ de mentiros@!

 

Ingredientes:

panquecas-1-3

1 xícara de farinha de trigo sarraceno

2 bananas maduras

1/2 xícara de água

½ xícara de farinha de amêndoas ou de coco (opcional)

2 colheres de chá de canela

1 colher de sopa de agave (opcional)

1 pitada de sal rosa

chia hidratada*

óleo de coco (para cozinhar)

 

Para acompanhar:

Morangos (de preferência orgânicos)

uma colher de sopa de melado ou agave (ou mel para uma opção não vegana)

Cacau nibs

Sementes de linhaça

 

Instruções:

* Chia hidratada: em uma xícara adicione uma colher de sopa de chia e 3 colheres de sopa de água e reserve por 2 ou 3 minutos, até obter uma consistência gelatinosa.

1-Adicione todos os ingredientes, exceto o óleo de coco a um processador de alimentos ou liquidificador. Bata até obter uma mistura homogênea.

2- Aqueça uma frigideira anti-aderente e quando estiver bem quente adicione 1 colher de chá de óleo de coco. Coloque em média uma a duas colheres de sopa da mistura e espalhe no formato desejado. Espere dourar, o que leva em media 2 minutos, observe se a panqueca está cozida em baixo e vire para dourar do outro lado. Retire da frigideira quando estiver pronta e repita o processo.

3- Adicione os acompanhamentos que estiver usando e sirva!

Rende aproximadamente 8 panquecas médias. Se quiser uma porção menor, você pode guardar o que sobrar da massa crua na geladeira e fazer no dia seguinte.

Gostou? Compartilhe!

Receitas

Descubra os benefícios da chia e a misturinha mágica (receita)

Você já deve ter ouvido falar por aí que chia é bom para você. Pode até ter comprado um pouco – afinal, está na moda e a gente já se sente mais saudável só por tê-la em casa – mas no fim das contas não faz ideia de como usá-la ou porque você a comprou. Bem, chega de dúvidas! Aqui segue tudo que você precisa saber sobre esses minúsculos pontinhos de maravilha.

Sementes de chia são repletas de nutrientes: incrivelmente ricas em ácidos graxos ômega 3 anti-inflamatórios, são uma ótima fonte de proteínas com uma porção de 2 colheres de sopa contendo 5 g, além de ser uma grande fonte de cálcio, magnésio, ferro e potássio. Uma das características mais originais de sementes de chia, contudo, é seu teor de fibras.

dramarcellauliana-saudeintegrativa-chia-1

Elas contêm fibras solúveis e insolúveis, o que é importantíssimo para sua digestão. As mesmas duas colheres de sopa de sementes de chia contém 10 gramas de fibra o que é quase a metade de sua necessidade diária. Quanto mais fibras comemos maior a taxa de excreção de resíduos e toxinas do corpo. As fibras também promovem saciedade e permitem uma liberação lenta de energia, o que ajuda na perda de peso.

Outra grande vantagem, é que como a chia está cada vez mais popular, seu preço está baixando e ela está cada vez mais acessível. Atualmente, é possível encontrar 1 kg de chia por apenas dez reais! Contudo, tente comprá-la em lojas de produtos naturais, já que em supermercados ainda é possível encontrá-la por um preço mais alto.

Portanto, agora que você também ficou fã de chia, o que fazer com ela? As sementes de chia podem ser adicionadas a uma variedade de saladas, sopas, cereais, iogurtes, etc, mas também podem ser uma ótima opção de lanche ou café da manhã. A grande magia da chia é que quando essas sementes entram em contato com qualquer líquido, elas se tornam gelatinosas e se combinadas a outros ingredientes fazem uma incrível misturinha, e essa é a receita de hoje!

Misturinha é o nome dado por uma querida paciente, que assim como eu se apaixonou por essa receita desde a primeira vez que comeu. Ela é simples, satisfatória e super deliciosa para o café da manhã ou lanche da tarde. Pode até ser uma sobremesa se você adoçar ela um pouquinho mais. Também é uma ótima opção para levar para o trabalho ou faculdade, já que pode ser preparada na noite anterior e assim você não vai precisar desperdiçar aqueles 10 minutinhos a mais da soneca.

Ingredientes:

Serve 1 pessoadramarcellauliana-saudeintegrativa-misturinha

1 xícara de leite de côco (ou outro leite vegetal da sua preferência)

½ xícara de aveia em flocos grossos

2 colheres de sopa de chia

1 colher de sopa de uva passas (opcional, use mais para adoçar de acordo com o seu paladar)

1 colher de chá de canela em pó

 

Cobertura:

1 fruta de sua preferência picada (banana, morango, pêra, maçã, etc)

Um pouco de mel ou agave, para adoçar mais

Folhas de hortelã

1 castanha do Pará ralada

 

Instruções:

1- Misture todos os ingredientes até a canela em um recipiente de vidro com tampa e deixe na geladeira durante a noite. É o período que a chia precisa para hidratar e dar a consistência de mingau. Espere uns 5 minutos antes de colocar na geladeira e mexa novamente para que a chia se misture uniformemente.

2- Na manhã, corte a fruta de sua preferência, pique as castanhas e deguste com uma xícara de chá ou uma bebida de sua preferência.

Observações:

Para uma opção sem glúten, substitua a aveia por quinoa ou amaranto em flocos.

Em dias mais frios, aqueça a misturinha em uma panela em fogo baixo por alguns minutos.

Nas fotos eu usei sementes de cânhamo na cobertura. Se você não sabe o que é isso, aguarde, elas serão assunto em um post futuro.

Espero que essa receita lhe mantenha saciada e bem nutrida durante o seu dia. Você não vai acreditar em quanta energia terá depois de comer essa maravilha!

Gostou? Compartilhe!

Artigos, Dicas, Saúde Integrativa

8 dicas para restaurar seu equilíbrio com uma detox

Acordar se sentindo leve e renovada é o resultado que se pode ter depois de uma detox. Depois que eu compartilhei o meu dia de detox com líquidos nesse post, muitas pessoas ficaram interessadas em fazer também, então hoje irei dividir com vocês informações que eu acho importante saber antes de começar.

Ingerir tantos alimentos naturais em verdadeiros coquetéis de vitaminas, minerais e fitonutrientes, oferece ao seu corpo uma oportunidade de limpar e eliminar aquilo que não está te fazendo bem. Como benefícios, você pode experimentar aumento nos níveis de energia, pele radiante, cabelos e unhas fortes, fortalecimento do sistema imune, absorção fácil e rápida de nutrientes, além de promover um descanso para o seu sistema digestivo, diminuir retenção de líquidos e eliminar aquele peso extra.

Aqui seguem algumas dicas que tem sido úteis para mim quando faço uma detox:

1- Prepare-se:  pelo menos 3 dias antes de começar, adote uma alimentação sem alimentos industrializados, refrigerantes, frituras e açúcar. É importante essa preparação para o seu corpo não levar um choque e a falta dessas substâncias causarem reações mais intensas, como dores de cabeça, náusea ou tonturas (o que pode acontecer de forma leve pelo aumento de toxinas liberadas no sangue).

2 -Use alimentos orgânicos o máximo possível – você não quer agrotóxicos e pesticidas como ingrediente principal na sua detox, certo?

3 -Use superalimentos como chia, linhaça, maca e clorofila do trigo: eles garantem que você obtenha altas quantidades de nutrientes a partir de apenas um alimento. A chia, por exemplo, que contém aproximadamente 20% de proteínas de alto valor biológico,  é rica em omega 3 e fibras que vão ajudar a limpar as toxinas do seu sistema digestivo e fornecer energia de qualidade.

4 – Beba muito líquido durante todo o dia, como água, água de coco e chás: o seu corpo precisa de água para eliminar as toxinas que estão sendo liberadas na corrente sanguínea durante a detox, de forma que se houver pouca ingestão de H2O essas toxinas irão continuar no seu organismo causando danos. Você pode começar o dia com uma xícara de água morna com limão espremido para despertar seu sistema digestivo. Alguns chás, como o chá verde, hibisco e  gengibre, são as minhas opções preferidas e tem altas propriedades antioxidantes que ajudam a potencializar a detox.

5 – Prepare-se mentalmente: durante esse dia, você estará fazendo algo a que você não está acostumad@, por isso, é normal querer desistir na metade do dia, ou ter vontades irresistíveis de comer todos os tipos de comida – é comum começar a lembrar de comidas bem “pé na jaca” como macarronada, sanduíche, brigadeiro na panela – não desista! Mantenha o seu compromisso com você e seja firme.

6 – Pratique uma atividade física leve a moderada: uma caminhada ou yoga são algumas alternativas que combinam muito bem com uma desintoxicação pois ativam a circulação sanguínea potencializando o processo de desintoxicação, além de relaxar e lhe fazer sentir bem.

7 – Durma cedo: a noite, pelo menos para mim, é o período mais difícil do dia. Quando o corpo começa a ficar cansado e com sono, é normal mandar sinais de fome para tentar obter mais energia. Então, a dica de ouro é ir dormir cedo para escapar das tentações. Enquanto você estiver dormindo, o seu corpo assumirá o controle da detox, por isso é importante dormir de 7 a 8 horas no mínimo. No dia seguinte, você irá notar que as olheiras também diminuíram.

8 – Tenha em mente que isso não durará para sempre: as pessoas não foram feitas para viver apenas de sucos. Tomar sucos por um dia é uma ótima forma  de adicionar nutrientes e minerais extras a sua dieta, mas seu sistema digestivo foi feito para trabalhar. Um descanso uma vez ou outra é importante, mas assim como a mente precisa se manter ativa para sustentar um alto nível de desempenho, o mesmo acontece para outros processos, como a digestão.

Espero que esse post tenha sido útil! Lembre-se de que é muito importante conhecer o seu corpo, saber seus limites e respeitá-los. O objetivo é se sentir bem! Se for um desconforto muito grande para você ingerir apenas líquidos durante um dia, tudo bem. Não deixe de tentar!

Quem sabe na próxima vez você estará mais preparada?

Gostou? Compartilhe!