Browsing Tag

omêga-3

Artigos, Dicas

Spirulina: o alimento mais nutritivo do mundo

Hoje eu quero apresentar a Spirulina, uma alga verde-azul escura que cresce em águas extremamente alcalinas. O que eu adoro nessa alga, além da grande quantidade de proteína que ela fornece, é que ela tem inúmeros outros benefícios para a saúde como: ação anti-inflamatória, melhora a imunidade, reverte o envelhecimento, promove a saúde do intestino, desintoxica o fígado, melhora a acne, potencializa o desempenho físico, reduz quadros de alergia e muito mais.

A Spirulina é chamada de superalimento porque o seu perfil nutricional é mais potente do que qualquer outro alimento de origem animal ou de planta. As algas contém maiores quantidades de clorofila que qualquer outra planta.  Mais de 60% do seu valor calórico é de proteínas de alta biodisponibilidade e de fácil digestão – além disso, contém maior teor de beta-caroteno e ácidos nucléicos do que qualquer outro alimento de origem animal ou vegetal. Ela também contém mais ferro que a carne e mais cálcio que o leite, na mesma proporção.

Estes nutrientes e fitonutrientes fazem da spirulina uma ótima alternativa alimentar para suplementos vitamínicos isolados. Seu grande estoque de ácidos nucléicos (DNA/RNA) é conhecido por causar regeneração celular e reversão do envelhecimento. Além disso, contém altas doses de omega 3 e de ácidos gama-linoleico GLA, também associados ao retardo do envelhecimento e ação anti-inflamatória.

Em geral é nutridora, tônica, e indicada para reverter casos de deficiências, ao mesmo tempo que promove um efeito de limpeza devido ao seu alto teor de clorofila. Isso ocorre porque seus nutrientes são rapidamente digeridos e absorvidos, o que fornece energia rápida logo após a sua ingestão.

Por isso, beneficia aqueles com problemas causados por uma alimentação excessivamente protéica de origem animal, o que não é bem assimilado pelo corpo e pode causar formação de toxinas em excesso. Através da ingestão de 10 gramas por dia de spirulina, o corpo se torna satisfeito e o desejo de proteína animal diminui.

Propriedades:

  • altamente nutritiva, rica em vitaminas, minerais e antioxidantes
  • desintoxica o fígado e os rins
  • purifica e fortalece o sangue
  • purifica as artérias
  • melhora a flora intestinal
  • inibe o crescimento de fungos e bactérias
  • fortalece o sistema imune
  • purifica a pele
  • reverte o envelhecimento

Com tantas propriedades boas, vamos conferir o perfil nutricional da spirulina:

Proteínas | 60-70% do seu valor calórico é de proteína altamente biodisponível, fácil de digerir. Cada 100 g pode conter 65 g de proteína. Para entender melhor: 100 g de frango contém 16g de proteína ou um ovo contém 13 g de proteína a cada 100 g.

Aminoácidos | contém todos os aminoácidos essenciais => proteína completa

Gorduras saudáveis ​​| principalmente sob a forma de ácidos graxos poli-insaturados.
Ômega-3 | ácido linolênico, 0,8 g / 100g
Ômega-6 | ácido linoleico, GLA 1,2 g / 100g

Vitamina B12 | Nota especial: a forma de B12 encontrada na spirulina é uma pseudovitamina, portanto, não é uma fonte confiável de B12 para os seres humanos por ser uma forma inativa. É considerada um análogo, o que não tem a mesma biodisponibilidade que as fontes de origem animal de B12.

Vitaminas A, D, K, E
Vitaminas do complexo B | B1 (tiamina), B2 (riboflavina), B3 (niacina), ácido fólico, B5
antioxidantes | carotenóides} beta-caroteno, luteína, zeaxantina, criptoxantina
Clorofila
Cobre | 6/1 mg / 100g
ferro | 28 mg / 100g
Magnésio | 195 mg / 100g

Potássio | 1,3 g / 100 g
Manganês | 1,9 mg / 100g
Zinco | 2 mg / 100g

A essa altura, você já deve estar se perguntando como introduzir essa alga riquíssima em sua vida. Em pó, ela pode ser misturada com água e limão, água pura ou água de coco, ou  misturada no suco verde. Eu consumo a spirulina da PuraVida em tabletes, porque é certificada orgânica, algo que deve ser levado em consideração, já que ela é uma alga cresce na água, e isso facilita a absorção de metais pesados presentes ao redor de onde ela cresce. Atualmente já existem várias marcas no mercado, podendo ser encontradas em lojas de produtos naturais ou sites pela internet.

Tomo de 5 a 10 tabletes todos os dias pela manhã em jejum ou depois de atividade física, mas pode ser consumida em qualquer horário. Fornece uma ótima dose de energia para passar o dia sem depender de café ou outros estimulantes como o açúcar.

Você já conhecia a spirulina? Se sim, qual a sua forma preferida de incorpora-la a alimentação? Compartilhe nos comentários abaixo, vou adorar saber!

Referências

1- Vonshak, Avigad. L.V. Venkataraman. Spirulina platensis (Arthrospira): Physiology, Cell Biology and Biotechnologym. Journal of Applied Phycology. June 1997, Volume 9, Issue 3, pp 295-296

2- Pitchford, Paul. Asian traditions and modern nutrition: Healing with whole foods.

Receitas

Descubra os benefícios da chia e a misturinha mágica (receita)

Você já deve ter ouvido falar por aí que chia é bom para você. Pode até ter comprado um pouco – afinal, está na moda e a gente já se sente mais saudável só por tê-la em casa – mas no fim das contas não faz ideia de como usá-la ou porque você a comprou. Bem, chega de dúvidas! Aqui segue tudo que você precisa saber sobre esses minúsculos pontinhos de maravilha.

Sementes de chia são repletas de nutrientes: incrivelmente ricas em ácidos graxos ômega 3 anti-inflamatórios, são uma ótima fonte de proteínas com uma porção de 2 colheres de sopa contendo 5 g, além de ser uma grande fonte de cálcio, magnésio, ferro e potássio. Uma das características mais originais de sementes de chia, contudo, é seu teor de fibras.

dramarcellauliana-saudeintegrativa-chia-1

Elas contêm fibras solúveis e insolúveis, o que é importantíssimo para sua digestão. As mesmas duas colheres de sopa de sementes de chia contém 10 gramas de fibra o que é quase a metade de sua necessidade diária. Quanto mais fibras comemos maior a taxa de excreção de resíduos e toxinas do corpo. As fibras também promovem saciedade e permitem uma liberação lenta de energia, o que ajuda na perda de peso.

Outra grande vantagem, é que como a chia está cada vez mais popular, seu preço está baixando e ela está cada vez mais acessível. Atualmente, é possível encontrar 1 kg de chia por apenas dez reais! Contudo, tente comprá-la em lojas de produtos naturais, já que em supermercados ainda é possível encontrá-la por um preço mais alto.

Portanto, agora que você também ficou fã de chia, o que fazer com ela? As sementes de chia podem ser adicionadas a uma variedade de saladas, sopas, cereais, iogurtes, etc, mas também podem ser uma ótima opção de lanche ou café da manhã. A grande magia da chia é que quando essas sementes entram em contato com qualquer líquido, elas se tornam gelatinosas e se combinadas a outros ingredientes fazem uma incrível misturinha, e essa é a receita de hoje!

Misturinha é o nome dado por uma querida paciente, que assim como eu se apaixonou por essa receita desde a primeira vez que comeu. Ela é simples, satisfatória e super deliciosa para o café da manhã ou lanche da tarde. Pode até ser uma sobremesa se você adoçar ela um pouquinho mais. Também é uma ótima opção para levar para o trabalho ou faculdade, já que pode ser preparada na noite anterior e assim você não vai precisar desperdiçar aqueles 10 minutinhos a mais da soneca.

Ingredientes:

Serve 1 pessoadramarcellauliana-saudeintegrativa-misturinha

1 xícara de leite de côco (ou outro leite vegetal da sua preferência)

½ xícara de aveia em flocos grossos

2 colheres de sopa de chia

1 colher de sopa de uva passas (opcional, use mais para adoçar de acordo com o seu paladar)

1 colher de chá de canela em pó

 

Cobertura:

1 fruta de sua preferência picada (banana, morango, pêra, maçã, etc)

Um pouco de mel ou agave, para adoçar mais

Folhas de hortelã

1 castanha do Pará ralada

 

Instruções:

1- Misture todos os ingredientes até a canela em um recipiente de vidro com tampa e deixe na geladeira durante a noite. É o período que a chia precisa para hidratar e dar a consistência de mingau. Espere uns 5 minutos antes de colocar na geladeira e mexa novamente para que a chia se misture uniformemente.

2- Na manhã, corte a fruta de sua preferência, pique as castanhas e deguste com uma xícara de chá ou uma bebida de sua preferência.

Observações:

Para uma opção sem glúten, substitua a aveia por quinoa ou amaranto em flocos.

Em dias mais frios, aqueça a misturinha em uma panela em fogo baixo por alguns minutos.

Nas fotos eu usei sementes de cânhamo na cobertura. Se você não sabe o que é isso, aguarde, elas serão assunto em um post futuro.

Espero que essa receita lhe mantenha saciada e bem nutrida durante o seu dia. Você não vai acreditar em quanta energia terá depois de comer essa maravilha!

Gostou? Compartilhe!