All Posts By

dramarcella

Artigos, Dicas

Spirulina: o alimento mais nutritivo do mundo

Hoje eu quero apresentar a Spirulina, uma alga verde-azul escura que cresce em águas extremamente alcalinas. O que eu adoro nessa alga, além da grande quantidade de proteína que ela fornece, é que ela tem inúmeros outros benefícios para a saúde como: ação anti-inflamatória, melhora a imunidade, reverte o envelhecimento, promove a saúde do intestino, desintoxica o fígado, melhora a acne, potencializa o desempenho físico, reduz quadros de alergia e muito mais.

A Spirulina é chamada de superalimento porque o seu perfil nutricional é mais potente do que qualquer outro alimento de origem animal ou de planta. As algas contém maiores quantidades de clorofila que qualquer outra planta.  Mais de 60% do seu valor calórico é de proteínas de alta biodisponibilidade e de fácil digestão – além disso, contém maior teor de beta-caroteno e ácidos nucléicos do que qualquer outro alimento de origem animal ou vegetal. Ela também contém mais ferro que a carne e mais cálcio que o leite, na mesma proporção.

Estes nutrientes e fitonutrientes fazem da spirulina uma ótima alternativa alimentar para suplementos vitamínicos isolados. Seu grande estoque de ácidos nucléicos (DNA/RNA) é conhecido por causar regeneração celular e reversão do envelhecimento. Além disso, contém altas doses de omega 3 e de ácidos gama-linoleico GLA, também associados ao retardo do envelhecimento e ação anti-inflamatória.

Em geral é nutridora, tônica, e indicada para reverter casos de deficiências, ao mesmo tempo que promove um efeito de limpeza devido ao seu alto teor de clorofila. Isso ocorre porque seus nutrientes são rapidamente digeridos e absorvidos, o que fornece energia rápida logo após a sua ingestão.

Por isso, beneficia aqueles com problemas causados por uma alimentação excessivamente protéica de origem animal, o que não é bem assimilado pelo corpo e pode causar formação de toxinas em excesso. Através da ingestão de 10 gramas por dia de spirulina, o corpo se torna satisfeito e o desejo de proteína animal diminui.

Propriedades:

  • altamente nutritiva, rica em vitaminas, minerais e antioxidantes
  • desintoxica o fígado e os rins
  • purifica e fortalece o sangue
  • purifica as artérias
  • melhora a flora intestinal
  • inibe o crescimento de fungos e bactérias
  • fortalece o sistema imune
  • purifica a pele
  • reverte o envelhecimento

Com tantas propriedades boas, vamos conferir o perfil nutricional da spirulina:

Proteínas | 60-70% do seu valor calórico é de proteína altamente biodisponível, fácil de digerir. Cada 100 g pode conter 65 g de proteína. Para entender melhor: 100 g de frango contém 16g de proteína ou um ovo contém 13 g de proteína a cada 100 g.

Aminoácidos | contém todos os aminoácidos essenciais => proteína completa

Gorduras saudáveis ​​| principalmente sob a forma de ácidos graxos poli-insaturados.
Ômega-3 | ácido linolênico, 0,8 g / 100g
Ômega-6 | ácido linoleico, GLA 1,2 g / 100g

Vitamina B12 | Nota especial: a forma de B12 encontrada na spirulina é uma pseudovitamina, portanto, não é uma fonte confiável de B12 para os seres humanos por ser uma forma inativa. É considerada um análogo, o que não tem a mesma biodisponibilidade que as fontes de origem animal de B12.

Vitaminas A, D, K, E
Vitaminas do complexo B | B1 (tiamina), B2 (riboflavina), B3 (niacina), ácido fólico, B5
antioxidantes | carotenóides} beta-caroteno, luteína, zeaxantina, criptoxantina
Clorofila
Cobre | 6/1 mg / 100g
ferro | 28 mg / 100g
Magnésio | 195 mg / 100g

Potássio | 1,3 g / 100 g
Manganês | 1,9 mg / 100g
Zinco | 2 mg / 100g

A essa altura, você já deve estar se perguntando como introduzir essa alga riquíssima em sua vida. Em pó, ela pode ser misturada com água e limão, água pura ou água de coco, ou  misturada no suco verde. Eu consumo a spirulina da PuraVida em tabletes, porque é certificada orgânica, algo que deve ser levado em consideração, já que ela é uma alga cresce na água, e isso facilita a absorção de metais pesados presentes ao redor de onde ela cresce. Atualmente já existem várias marcas no mercado, podendo ser encontradas em lojas de produtos naturais ou sites pela internet.

Tomo de 5 a 10 tabletes todos os dias pela manhã em jejum ou depois de atividade física, mas pode ser consumida em qualquer horário. Fornece uma ótima dose de energia para passar o dia sem depender de café ou outros estimulantes como o açúcar.

Você já conhecia a spirulina? Se sim, qual a sua forma preferida de incorpora-la a alimentação? Compartilhe nos comentários abaixo, vou adorar saber!

Referências

1- Vonshak, Avigad. L.V. Venkataraman. Spirulina platensis (Arthrospira): Physiology, Cell Biology and Biotechnologym. Journal of Applied Phycology. June 1997, Volume 9, Issue 3, pp 295-296

2- Pitchford, Paul. Asian traditions and modern nutrition: Healing with whole foods.

Artigos

O que é medicina funcional?

Atualmente estamos vivendo uma epidemia de doenças crônicas, como a hipertensão arterial, diabetes, obesidade, doenças cardíacas, distúrbios hormonais, e demência. Todas estas doenças são fortemente influenciados pela dieta, estilo de vida, meio ambiente, e genética e são adquiridas ao longo de vários anos, silenciosamente, e não de uma hora para outra.  

Infelizmente, a medicina convencional, também conhecida como a medicina ocidental, não tem evoluído em sua abordagem no que diz respeito a esses fatores de risco. É absolutamente ótima no momento do diagnóstico – o que significa dar um nome a um problema – e no tratamento de sintomas agudos. Porém, a longo prazo se restringe ao uso de medicamentos que melhoram pouco ou quase nada determinada condição, e que em troca causam uma vasta gama de efeitos colaterais.

A medicina funcional pergunta por que as coisas deram errado. Por que você sente queimação depois de comer? Por que você está constipado? Por que você está deprimido?  Não é baseada apenas no diagnóstico em si. Independente de ter um diagnóstico de gastrite, depressão, ou qualquer outra doença, nós queremos saber o que aconteceu errado que ocasionou esses desequilíbrios e como corrigi-los.

Por exemplo, imagine que você está usando um sapato 3 números menores que seu pé e então foi diagnosticado com “dor no pé”. A medicina convencional irá prescrever um analgésico para anestesiar a dor. Usando medicina funcional, nós vamos tirar o sapato e descobrir o tamanho certo.

Essa abordagem abrangente possibilita uma compreensão dos sintomas e de como tudo está conectado. Por exemplo, se alguém está constipado, ansioso e não consegue dormir, sob uma abordagem médica tradicional, pode ser prescrito um laxante, um ansiolítico e um remédio para dormir. A medicina funcional reconhece que todos estes sintomas partilham uma necessidade bioquímica de magnésio. A solução pode ser tão simples como adicionar mais magnésio na dieta. Ou não…

Sob o paradigma da medicina funcional, determinamos os desequilíbrios através de reconhecimento de padrões, ouvindo atentamente a história do paciente e realizando testes laboratoriais. Investigamos vários fatores, incluindo:

Fatores ambientais – o ar que respiramos, a água que bebemos, a comida que você come, a qualidade dos alimentos disponíveis, o nível de exercício físico, exposições tóxicas ou traumas – tudo isso afeta a sua saúde.

Elementos mente-corpo – o psicológico, espiritual e também os fatores sociais todos podem ter uma profunda influência sobre sua saúde. Considerar todas essas áreas nos ajuda a avaliar a sua saúde como uma pessoa inteira, não apenas em termos de seus sintomas físicos.

Composição genética – Apesar de genes individuais poderem tornar mais suscetível a algumas doenças, o seu DNA não é um plano imutável para a sua vida. As pesquisas mostram que os genes podem ser influenciados por tudo em seu ambiente, bem como suas experiências, atitudes e crenças. Isso significa que é possível alterar a forma como os genes são ativados e expressos, como interruptores que ligam e desligam a doença. Leia mais aqui.

Através desta avaliação funcional, somos capazes de entender como chave de processos bioquímicos são afetados e por que você tem seus sintomas. A medicina funcional ajuda a desmistificar se o que tem acontecido a você é bioquímico, emocional ou energético.

Tem interesse em saber mais? Clique aqui e agende uma avaliação inicial para descobrir como essa abordagem pode lhe ajudar a recuperar sua saúde!

 Qual é a sua história? Alguma vez você já sentiu que foi reduzid@ a um sintoma ou a um diagnóstico e não conseguiu resolver seu problema? Conte-me nos comentários abaixo ou envie um email. Vou adorar saber mais sobre você!

Gostou? Compartilhe!!!

Receitas

A melhor guacamole

Abacates são sem dúvida a minha gordura saudável favorita. Eles não só tem uma textura cremosa e um gosto sensacional, como também são ricos em fibras, potássio, e aproximadamente 20 outras vitaminas e minerais. Mais de 75% da gordura encontrada nos abacates é insaturada, o tipo de gordura “boa” que promove a saúde do coração, ajuda a equilibrar o açúcar sanguíneo e produz hormônios saudáveis.

Curiosamente, quando abacates são comidos com tomates, como nessa receita de hoje, a absorção dos carotenóides e licopenos, ou seja, dos antioxidantes encontrados no tomate é aumentada pelas gorduras saudáveis ​​presentes nos abacates. Eles também são ricos em uma enzima, a glutationa, um dos principais antioxidantes responsáveis por eliminar as toxinas do nosso corpo.

Aqui no Brasil, geralmente o abacate é comido apenas doce, batido em vitaminas, porém, em outras culturas, como no México, ele é usado amplamente na culinária servido com tortilhas de milho ou trigo com feijão, nos pratos mais populares como nachos, tacos, fajitas, etc.

guacamole-2

Essa receita é um clássico da culinária mexicana e está aqui hoje por sua praticidade e seu sabor maravilhoso. Todos os ingredientes são muito saudáveis, veganos e sem glúten. Pode ser um complemento para saladas – para mim fica perfeito com rúcula – um acompanhamento para feijão, recheio de sanduíches, tapioca, ou o que mais a sua criatividade mandar. Sirva também com uma variedade de legumes grelhados – brócolis, couve-flor, batata-doce, erva-doce, cenoura, pimentão, cogumelos, aspargos, abobrinha.

Guacamole

Ingredientes

  •  1 abacate grande maduro
  • 1 pimenta dedo de moça
  • 8 tomates cereja
  • 1 pimentão vermelho ou verde (orgânico)
  • Um punhado de coentro fresco
  • 2 limões ou menos se preferir menos ácido
  • sal

* opcional: ½ cebola roxa picada.

Rende 1 tigela grande

Preparo:

1-    Retire o abacate da casca e remova a semente. Coloque a “carne” do abacate em uma tigela e amasse com um garfo para criar uma textura ligeiramente grosseira.

2-    Em seguida, corte os tomates cereja, a pimenta e o pimentão em pequenos cubos, mas retire as sementes antes. Esprema o limão e adicione uma quantidade generosa de sal e o coentro. Mexa bem e sirva. Dura de 2 a 3 dias no máximo na geladeira em um recipiente fechado. Adicione fatias bem finas de limão a superfície para conservar melhor.

guacamole-3

Burrito vegano com feijão chilli, guacamole e sour cream

Qual seu jeito preferido de comer abacate? Você já tem o costume de comer guacamole? Conte-me abaixo nos comentários!

Gostou? Compartilhe!!

 

 

Saúde Integrativa

1 ano de saúde integrativa e os 5 posts mais populares

2015 está chegando ao fim e o blog sobre saúde integrativa está completando seu primeiro aniversário. Foi um ano maravilhoso, escrevendo, estudando, cozinhando, fotografando, e dividindo o conhecimento que tenho adquirido em minha vida profissional como e pessoal com vocês. O blog cresceu muito mais do que eu imaginava, e isso não seria possível sem o seu apoio, lendo, comentando e compartilhando saúde integrativa com outras pessoas.

Eu adoraria poder encontrar pessoalmente cada um de vocês para agradecer, mas como isso ainda não é possível, quero saber mais sobre você através dessa pesquisa que estou compartilhando com o intuito de descobrir o que gostaria de ler com mais frequência por aqui.

Eu tenho muitos planos para o blog no próximo ano e mal posso esperar para dividi-los, mas, por enquanto, o objetivo é focar em você. Ficarei muito grata se puder reservar 2 minutinhos do seu dia para responder a essas perguntas, para que eu saiba mais sobre você, sobre o que quer ler e porque gosta de visitar o meu blog.

CLIQUE AQUI PARA RESPONDER A PESQUISA

Desde já muito obrigada! Eu irei compartilhar as respostas através das mudanças que você verá no próximo ano por aqui.

Enquanto isso, você pode ler os posts que foram mais populares esse ano:

O que você precisa saber sobre uma dieta vegetariana

Como usar óleo de coco como cosmético natural

Dicas para as crianças se alimentarem de forma saudável – receita brigadeiros do bem

Controlando os genes através da alimentação

Em busca do peso feliz

Qual é o seu post preferido? O que você pensa sobre a saúde integrativa? Vou adorar ler seus comentários logo abaixo!

Workshop

Alergia alimentar: um novo despertar

Estar trabalhando com famílias que apresentam alergia a proteína do leite – APLV, a glúten, castanhas, dentre outras restrições alimentares, orientando uma alimentação e estilo de vida saudável, me possibilitou observar que nesses casos as mudanças são muito mais rápidas e profundas. Apesar de todas as dificuldades e sofrimento por abandonar velhos hábitos e principalmente grande parte dos produtos industrializados, o bem estar do bebê e/ou criança é o que motiva esses pais a continuarem. O meu trabalho é tornar isso mais fácil para eles. Por isso, eu conduzi  uma roda de conversa com mais de 70 pessoas para compartilhar informações e dicas úteis a respeito desse assunto.

Dentre várias questões debatidas na roda, uma das que mais se destacou tratava do aumento do número de casos de alergias e intolerâncias alimentares.  Dentre as causas desse aumento,  estão o excesso de alimentos de má qualidade (processados e refinados), excesso de químicos, como metais pesados, poluentes e agrotóxicos, que danificam a superfície intestinal e a microbioma.

Sendo assim, a alergia aparente trouxe novo despertar para uma alimentação saudável. Depois do período inicial, em que de repente tudo está restrito, abre-se um novo mundo com comidas que não faziam parte da dieta e maneiras diferentes de preparar alimentos. Todas as mães que estavam presentes relataram que mesmo se a alergia melhorar no futuro, se sentem muito melhor agora e não querem voltar ao estilo de alimentação antigo, por preferir muito mais uma alimentação natural e integral.

agende (1)

“Mesmo que os meus 4 filhos não tenham mais alergia alimentar no futuro, eu jamais penso em voltar a me alimentar da forma que era antes”.

Para quem não participou da roda de conversa, vou dividir aqui as dicas principais:

  • Planejamento: ajuda a evitar problemas em viagens, festas e outras ocasiões. Muitas mães compartilharam que levam refeições feitas em casa congeladas para uma semana em uma caixa térmica para garantir a alimentação livre de alérgenos quando viajam.
  • Conscientização: foi o que Mariana, mãe do Douglas, ressaltou em seu depoimento. Douglas, pequeno grande guerreiro que conquistou uma batalha contra o autismo através de uma alimentação saudável e livre de alérgenos (para ele leite, glúten e soja) unida a atividade física, hoje leva uma vida normal. Para ela, o mais importante é explicar de maneira enfática a ele que aqueles alimentos não lhe fazem bem. Assim, ela se sente segura quando alguém lhe oferece algo, pois ele sempre pergunta quais ingredientes estão presentes no alimento e recusa se souber que contém algo que lhe faz mal. Clique aqui para saber mais sobre sua história.
  • Qualidade: optar por alimentos orgânicos e naturais, obtidos através de agricultura familiar em feiras, hortas caseiras, sítios etc. O contato direto com os produtores é importante para poder obter informações sobre o que está sendo utilizado no cultivo. Também é a melhor forma de evitar aditivos alimentares e outras substâncias químicas que podem intensificar o quadro de alergia.
  • Comunidade: participar de grupos, seja uma participação pessoal ou mesmo em redes sociais ou por whatsapp, é uma ferramenta que tem ajudado muito aquelas mães e pais que passam por isso. Compartilhe sua história e tenha alguém para conversar sobre o que está acontecendo, trocar informações é aprender.

dramarcellauliana_alergia_alimentar_infantil

Nós também tivemos a colaboração de vários parceiros, que estão tornando as vidas de quem vive com alguma restrição alimentar mais fácil com produtos saudáveis e livres de alérgenos. Segue aqui a lista dos participantes:

Como tivemos muita procura nessa primeira roda, estamos organizando a próxima para o ano que vem.  Se você tiver interesse em realizar uma roda de conversa em sua escola, trabalho ou até mesmo em casa, entre em contato por aqui para mais informações.

Espero que esse post tenha ajudado, afinal, não é fácil viver com restrições! E você? Tem alguma alergia ou intolerância? Compartilhe aqui sua experiência e dicas preferidas!

 

 

Dicas, Receitas, Saúde Integrativa

5 opções de café da manhã saudáveis e veganas

Provavelmente você já ouviu falar que o café da manhã é a refeição mais importante do dia. Porém, isso não significa necessariamente que você esteja tomando um café da manhã saudável e rico em nutrientes todas os dias, certo?

Acompanhando de perto o que as pessoas comem diariamente, tenho observado que grande parte delas se alimenta de manhã basicamente de pão, manteiga/margarina, embutidos (queijo/presunto) e café, o que oferece pouquíssimos nutrientes para o corpo obter energia para o longo dia de atividades que temos pela frente. Essa falta de nutrientes ocasiona oscilações nos níveis de açúcar sanguíneo que podem ocasionar alterações de humor, irritabilidade, lentidão de raciocínio e sonolência.

Ingerir alimentos nutritivos logo de manhã vai ajudar a despertar seu metabolismo e equilibrar o açúcar no sangue. Você irá se surpreender com o quão equilibrada sua energia ficará durante o dia, o que lhe proporcionará mais controle na hora em que sente aquela compulsão por açúcar, e também em muitos casos, cafeína.

Se você está precisando de novas ideias para enriquecer sua refeição matinal, aqui estão as minhas opções favoritas:

1- Misturinha de aveia e chia

Uma das opções mais práticas, já que pode ser deixada pronta na geladeira a noite. É fácil, gostosa e me deixa super satisfeita por toda a manhã por conta da chia. Experimente essa receita ou adicione os ingredientes a seu gosto como cacau, baunilha, geléia de frutas para personaliza-la.

dramarcellauliana-saudeintegrativa-misturinha-chia-aveia-canela

2- Suco verde e vitaminas

Eu amo vitaminas por vários motivos: 1. Imensa variedade de sabores, sendo possível escolher de manhã de acordo com a minha vontade e disponibilidade. 2. O liquidificador praticamente mastiga a comida, o que os torna ideais para a digestão e absorção de nutrientes de forma rápida. 3. Você pode adicionar todos os tipos de ingredientes, por isso é uma maneira fácil de obter uma grande dose de nutrientes através de verduras e superalimentos logo de manhã, sendo especialmente indicados para quem tem uma dieta vegetariana ou vegetariana estrita, como eu.

3- Panquecas de banana

Essas delícias fazem parte das minhas manhãs há pouco tempo, mas meu amor por elas já é grande. Deixam qualquer manhã mais agradável com sua maciez e doçura e também me deixam satisfeita durante toda a manhã.

panquecas-1-2

4- Pão sem glúten com abacate e limão

Outra opção super rápida, o abacate cada vez ganha mais espaço na minha vida. Para mim, substitui muito bem maionese ou manteiga no pão, na verdade, eu acho o abacate muito mais gostoso. A sua cremosidade combinada ao azedinho do suco de limão espremido na hora, com uma pitada de sal do Himalaia e pimenta do reino intensificam ainda mais esse sabor e, como o abacate é rico em gorduras boas, mantém a saciedade por um bom período. Eu opto pelo pão sem glúten porque tenho fácil acesso a um pão de batata-doce delicioso feito aqui na região, mas você pode experimentar com o pão convencional sem problemas.

5- Mingau de aveia

Minha escolha preferida em dias mais frios, em que eu já acordo pensando em comer algo quentinho e acolhedor. Eu vario alguns ingredientes, mas geralmente adiciono água e aveia e coloco para ferver, com canela em pó, gengibre e passas. Quando tenho leite vegetal em casa, gostou de adicionar meia xícara para deixa-lo mais cremoso. Depois de alguns minutos, adiciono uma fruta e/ou um pouco de melado e sementes, como a chia, para garantir uma boa dose de proteína e pronto!

dramarcellauliana_mingau-1

O objetivo de um café da manhã saudável é nutrir o seu corpo é enviar uma mensagem a ele de que pode trabalhar tranquilamente, pois terá os nutrientes que precisa para isso, mantendo os níveis de açúcar no sangue equilibrados, impedindo uma queda na energia e compulsões ou excessos à noite assim,  podendo sustenta-lo até o almoço, permitindo usar todo o seu potencial físico e mental.

Quais são as suas opções de café da manhã preferidas? Estou sempre à procura de novas ideias!

Gostou? Compartilhe!